Ibitinga intensifica campanha de conscientização contra a dengue

“Estamos em Guerra contra a Dengue”. Esta é a nova campanha de conscientização do município de Ibitinga. A medida é mais uma estratégia da Prefeitura para combater o Aedes aegypti.

“Não podemos vacilar. Sabemos que a dengue está espalhada por diversas cidades da região e todo cuidado é pouco. Portanto, a ordem é de guerra contra o Aedes aegypti”, informou o vice-prefeito, Frauzo Ruiz Sanches.

Até o momento, nenhum caso da doença foi registrado na cidade de Ibitinga em 2020. Quem atesta é o Instituto Adolfo Lutz, do Governo Estadual, responsável por analisar os casos suspeitos de dengue.

“Em contrapartida, temos quase 300 casos confirmados na cidade de Itápolis, apesar de todos os esforços que o município de lá tem feito. Nosso papel, aqui em Ibitinga, é nos manter longe da dengue através de uma série de ações de combate”, salientou Amanda Lambert, coordenadora da Vigilância Epidemiológica.

A principal ação de combate é a limpeza. 80% dos criadouros do mosquito são domésticos, ou seja, estão dentro das residências. Prevendo uma possível epidemia, o município de Ibitinga intensificou há um ano os serviços de divulgação e prevenção para conscientizar moradores da cidade sobre a importância da limpeza de quintais, calhas e outros locais onde o mosquito pode reproduzir, além de limpar as áreas públicas e fiscalizar a limpeza de terrenos particulares, tudo para eliminar os criadouros do mosquito.

“No ano passado, a Prefeitura fez dois mutirões da limpeza e, agora em 2020, começou o ano com mais um mutirão. Os trabalhos chegarão a todos os bairros da cidade, em colaboração com os munícipes”, informou Antonio Carlos Feitosa, secretário de Administração.

O Mutirão da Limpeza deste ano está em andamento desde o dia 27 de janeiro. Os maquinários recolhem entulhos, materiais inservíveis e galhos de terrenos e quintais. O morador colabora descartando tais coisas na calçada.

ATENÇÃO: o descarte de materiais a céu aberto só está permitido durante o Mutirão da Limpeza. Fora do período, o descarte de sujeira em terrenos pode configurar crime ambiental.

guerra contra a dengue